Como escolher um lugar online para divulgar sua arte

A internet é um gigatesco ambiente cheio de inúmeras possibilidades, mas é sempre bom tomar alguns cuidados.

A grande verdade é que, nos dias de hoje, a melhor forma de conseguir que colecionadores ou compradores de arte em potencial encontrem sua arte, é mostrando-a na internet. No entanto, outra grande verdade é que fechar uma venda de arte online é bem mais difícil do que pessoalmente, quando o comprador em potencial pode ver de perto do que se trata o trabalho, tocar e, até mesmo, tirar diversas dúvidas sobre esse trabalho ou sobre o artista em questão.


Como nem tudo pode ser perfeito e estamos vivendo em uma ‘era digital’, precisamos saber bem como escolher um ambiente virtual adequado que possa valorizar, ao invés de depreciar, nossa arte.



1. Tenha seu próprio site!


Até não muito tempo atrás quando se falava em ‘ter um site’ era a mesma coisa que falar em gastar muito dinheiro, contratar uma agência, contratar um designer, etc. É óbvio que se você quer um site diferenciado e com uma excelente navegabilidade, terá que contratar um bom profissional para desenvolvê-lo. Entretanto, se você está com o orçamento apertado e acredita, sinceramente, que tem condições de fazer isso sozinho, existem diversas plataformas com templates maravilhosos que irão te ajudar muito: wix.com, squarespace.com, wordpress.org, etc. Mas, por favor, certifique-se de que as imagens que irá usar estão boas (bem focadas, bem enquadradas, bem iluminadas).


Certifique-se também que o site seja limpo, clean, organizado. Frequentemente oriento artistas com trabalhos bastante bons a fazerem uma limpeza geral em seus sites para que seja possível visualizá-los melhor.


De qualquer forma, de nada adiantará ter seu site, lindo e maravilhoso, contendo o melhor de suas obras, se você não divulgá-lo bem! Caso contrário, ninguém conseguirá encontrá-lo. Isso demanda dedicação de tempo e um certo investimento.


2. Tenha sua página no Facebook!


Outra excelente maneira de divulgar sua arte, a princípio gratuita, começando com seus amigos e conhecidos, é criar sua própria página no Facebook, como artista, que seja separada de seu perfil pessoal. Nessa página evite colocar suas opiniões políticas, considerações sobre seu time favorito, piadas de gosto duvidoso, etc. Mantenha a página exclusivamente com conteúdo relacionado a sua arte, a você enquanto artista, seu processo criativo, suas principais referências, suas considerações, etc.


Da mesma forma que com seu site, você terá que dispor de algum tempo, e talvez algum dinheiro, para divulgar sua arte para um maior número de pessoas que estejam interessadas em arte. De nada adianta ficar 'atirando para todo lado' ou 'correndo atrás' de possíveis compradores.


Existem maneiras corretas de identificar e atrair fãs para seu site e, consequentemente, aumentar suas chances de ser encontrado.



3. Divulgue seus trabalhos em uma galeria de arte online!


Isso mesmo! Uma das formas mais eficientes de ser ‘achado’ é estando junto com outros artistas que também estão mostrando sua arte. Pode até parecer que não, pois em teoria, tais artistas seriam seus ‘concorrentes’ disputando a atenção de possíveis compradores. Mas pensar assim é um grande equívoco.


Procure um ambiente virtual interessante, sem propagandas, sem interferências desnecessárias e, de preferência, com arte de qualidade - quanto melhor for a qualidade da arte disposta, mais sua arte será valorizada. Existem diversas galerias de arte online, no Brasil e no exterior, e uma busca rápida no Google poderá te ajudar muito a encontrá-las.


Mesmo assim, eu quero deixar a minha sugestão aqui: DOMI galeria de arte online - simples, charmosa, sem aquele monte de propagandas poluindo todo o visual, ... Vale a pena!!!









Novidades
Posts recentes
Visite nossa página:
  • Facebook Long Shadow

© 2023 by Artista Criativo